Marília Mendonça encerra São João 2019 de Campina Grande

08/07/2019

Marília Mendonça durante show no Parque do Povo, no São João 2019 de Campina Grande — Foto: Emanuel Tadeu/Medow Entertainment/Divulgação
Marília Mendonça durante show no Parque do Povo, no São João 2019 de Campina Grande — Foto: Emanuel Tadeu/Medow Entertainment/Divulgação

O último dia da edição 2019 do São João de Campina Grande foi de comemoração em dose dupla. Na frente do palco, neste domingo (7), os fãs celebraram o show da cantora Marília Mendonça que se apresentou no evento há dois anos. Já em cima dele, a artista exibiu a felicidade que sentiu ao receber o Título de Cidadã Campinense. 

"Fiquei muito feliz e honrada. Vou levar esse título para casa com muito carinho. Agora não tem desculpa para não ter Marília Mendonça todos os anos nesse São João. Eu sou cidadã campinense. Obrigada", declarou.

A entrega da honraria foi feita no camarim da artista, no Parque do Povo, local onde o "Maior São João do Mundo" acontece. Quem propôs a homenagem foi o vereador Rui da Ceasa no ano de 2017, após a cantora doar a quantia de R$ 100 mil para o Instituto São Vicente de Paulo, que se dedica à assistência a idosos no município.

No começo da apresentação Marília colocou as regras do show na mesa, ou melhor, nos telões do Quartel General do Forró. Entre elas estavam as proibições de chorar, sofrer e ligar para os ex-companheiros. Depois a goiana voltou atrás e deu permissão para que tudo fosse feito porque não ia haver julgamento.

O público lotou o Parque do Povo e mostrou que é impossível não se emocionar com a sofrência que ganha vida na voz da cantora, que sentiu a boa vibração e agradeceu pelo carinho de todos os fãs. "Essa é a melhor noite do ano, mas estou sentido que uma noite só vai ser pouco", confessou.

Falando em fã, mesmo com dificuldade para enxerga à distância, Marília avistou o pequeno Lucas. Ele havia erguido uma faixa dizendo que é o fã número um dela. Emocionada, a artista pediu que o garoto subisse ao palco. Ao lado da cantora que tanto admira, o menino caiu no choro e deu abraço forte nela.

Para ver um sorriso no rosto do garoto que estava tomado por emoção, Marília brincou com ele. "Não chore. Você não tem idade para sofrer ainda. Daqui a pouco você vai chorar com a minha sofrência", comentou com um ar amistoso, fazendo o público se identificar e gargalhar.

Grávida do primeiro filho e já com o coração generoso de uma mãe, ela agradeceu ao carinho de todo o público infantil, que diariamente dá declarações de afeto. Ela se mostrou grata aos pais da criançada que leva para os shows.

Lucas foi convidado por Marília Mendonça para subir ao palco do Parque do Povo, no São João 2019 de Campina Grande — Foto: Iara Alves/G1
Lucas foi convidado por Marília Mendonça para subir ao palco do Parque do Povo, no São João 2019 de Campina Grande — Foto: Iara Alves/G1

Repertório

O repertório musical de Marília Mendonça é romântico e faz o público sofrer um pouquinho lembrando de amores passados, presentes, bem ou mal resolvidos. Neste domingo (7), ela começou a apresentação com as músicas do trabalho mais recente, o "Todos os cantos".

Canções como "Ciumeira", "Sem sal", "Bem pior que eu" e "Todo mundo vai sofrer" levaram os fãs ao delírio. Mas a emoção tomou conta de todos quando ela cantou "Infiel", sucesso que a fez o trabalho da artista tomar proporções cada vez maiores.

Amor de fã

Tifany Gabriele entregou um buquê de rosas para Marília Mendonça durante show no São João 2019 de Campina Grande — Foto: Iara Alves/G1
Tifany Gabriele entregou um buquê de rosas para Marília Mendonça durante show no São João 2019 de Campina Grande — Foto: Iara Alves/G1

Marília conquista fãs pelo país inteiro e muitos deles estão concentrados em Campina Grande. Os cartazes com declarações de afeto à cantora mostraram o quanto ela é querida na cidade.

De uma das fãs ela recebeu até um buquê de flores, que ela fez questão de segurar, posar para fotos e agradecer. Quem deu as rosas para a goiana foi Tifany Gabriele de Paulo, de 18 anos. "Ela merece porque ela é uma pessoa verdadeira. Marília Mendonça é e passa verdade", enfatizou.

Força feminina

Maria Clara foi a atração que antecedeu o show de Marília. A jovem pernambucana é considerada uma revelação no mercado da música brasileira e agradeceu às outras mulheres que abriram os portões do sucesso para ela.

"As mulheres que abriram as portas para mim, uma jovem nordestina, foram as cantoras de outras regiões como Marília Mendonça, Maiara e Maraísa e as Coleguinhas. Elas são referência do sertanejo na voz da mulher e por isso eu estou aqui", explicou.

Programa em família

Uma multidão de pessoas foi ao Parque do Povo neste domingo (7). No último dia da 36ª edição do evento, o espaço de cada metro quadrado do local foi disputado. Muitas famílias compareceram aos Quartel General do Forró para se despedir e começar a contagem regressiva para o São João 2020.

Silvana Pereira do Nascimento, de 34 anos, aproveitou os 45 minutos do segundo tempo para passear com os sobrinhos. Os pequenos amaram e gostariam que a festa se estendesse. "Brinquei, comi e baguncei muito aqui. Queria vir mais vezes", disse Miguel Barbosa, de 10 anos.

Comércio

Os copos comercializados por Luciana Pontes, de 38 anos, fizeram sucesso. De acordo com ela, as vendas em 2019 superaram todas as expectativas que ela tinha alimentado. Em noites com shows de artistas nacionalmente conhecidos, ela chegou a vender 500 unidades.

Para ela, a receita do sucesso é inovar. "A gente tem que diversificar o produto para o cliente, para que ele se sinta atraído. Por isso esse ano também estou vendendo taças e copos personalizados com os rostos e nomes dos cantores. É uma forma de agradar o meu púbico, "justificou.

31 dias de festa

Muitos forrozeiros aproveitaram a edição 2019 do São de Campina Grande, sendo do próprio município, de outras cidades, estados e até mesmo países diferentes. Já outras pessoas viram nos 31 dias de festa uma oportunidade para trabalhar.

Não importa o motivo. Quem viveu tudo o que o "Maior São João do Mundo" oferece saiu com um sorriso gigante no rosto. Não importa se foi ao som de forró, sertanejo, pagode ou qualquer outro ritmo. O que embalou e serviu de combustível para o foi a felicidade que só a festa junina tem.

Fonte: G1PB