Caburé lança álbum de estreia

18/09/2019

Caburé — Foto: Luísa Lúcio/Divulgação
Caburé — Foto: Luísa Lúcio/Divulgação

A banda pessoense Caburé lançou na terça-feira (17) o álbum de estreia "Manifesto Tropicálido". O disco tem 10 faixas, sendo seis assinadas pelo vocalista Titá Moura. O disco está disponível em todas as plataformas digitais e teve como single a música e lyric video "Vai e Vem", lançado no dia 2.

De acordo com Titá Moura, que além de cantar também toca percussão, o disco resume a essência da Caburé, que foi formada há seis anos. "Esse disco é resultado da nossa necessidade de gerar discursos através do corpo. É um manifesto para sentir em movimento, antes de saber ser cognitivo", diz.

A sonoridade do álbum tem elementos que misturam guitarradas africanas com ritmos tropicais do Norte e Nordeste brasileiro e também sons caribenhos. As letras, segundo o artista, refletem a música produzida nos guetos escuros do terceiro mundo e também nos sotaques das ruas da capital paraibana.

O disco conta com participações especiais como a de Lucy Alves, em "Que Tal" e da cantora argentina Melisa Galluzzo, em "Paixão Ferrenha".

Capa de "Manifesto Tropicálido", da Caburé — Foto: Arte: Rayan Rodrigues
Capa de "Manifesto Tropicálido", da Caburé — Foto: Arte: Rayan Rodrigues

A capa de "Manifesto Tropicálido" foi elaborada pelo designer Rayan Rodrigues, que é baixista da Caburé. Segundo o artista, a ideia da concepção começou a tomar forma após uma viagem para a cidade de Natal.

Na ocasião, ele viu duas corujas e foi informado que se tratava de aves da espécie caburé. "Na minha visão, isto embasa nossas ideias e etimologias e soa como coerente com nosso universo visual. Sugere uma certa progressão de onde partimos até agora onde estamos", diz.

Além de Titá Moura e Rayan Rodrigues, a banda ainda tem Rudá Barreto na guitarra e voz; Rhuan Pachêco na guitarra e backing vocal, Pepeu Freire nas percussões e George Gláuber na bateria.

O show de lançamento de "Manifesto Tropicálido" vai ser feito no dia 29 de setembro, em uma apresentação gratuita na Casa da Pólvora, em João Pessoa. O show vai contar com participações especiais e feira multicultural.

Fonte: G1PB